fbpx
hora de reiniciar: de grandes períodos sabáticos a pequenos re-inícios diários  🔁

sextaFilosofal

hora de reiniciar: de grandes períodos sabáticos a pequenos re-inícios diários 🔁

Renato Stefani
Escrito por Renato Stefani em 24 de abril de 2020
💌 faça parte da comunidade

entre para a nossa lista e receba conteúdo simples e profundo, direto no seu email

capítulo parte integrante do livro: 

“Pequenos Atos Ordinários, Feitos Extraordinários

{ 👉 clique aqui para saber mais e acessar o curso completo }

#6 | hora de reiniciar: de grandes períodos sabáticos a pequenos re-inícios diários

“Muitos já aprenderam a trabalhar de casa e enviar e-mails no domingo à noite. Mas pouquíssimos aprenderam a relaxar e ir ao cinema na segunda-feira à tarde.” # Ricardo Semler

A grande maioria das pessoas consegue perceber que, quando algum aparelho tecnológico deixa de funcionar devemos apertar o botão RESET, ou Re-Iniciar o sistema. Funciona como mágica!

Dessas pessoas, pouquíssimas tem a consciência de que o seu próprio sistema biológico também precisa dos mesmos cuidados.

Encontrar a própria maneira de Re-Iniciar seu sistema físico, mental e espiritual é uma necessidade genuína e autêntica para que a própria vida possa continuar a fluir.

O intuito deste capítulo é mostrar a você como criar espaço para RESETAR, e voltar a acessar as suas melhores características de fábrica.

• as maravilhas do tédio

Neil Gaiman, um tremendo escritor norte-americano, defende que para um grande livro nascer dentro dele, ele precisa primeiro se permitir o luxo de ficar muito, mas muuuito entediado.

Para curar esse tédio, a mente dele começa a criar múltiplas soluções criativas e dessa forma, nasce uma nova novela, um novo livro.

Quando foi a última vez que você usou o tédio a seu favor para impulsionar a sua criatividade e criar algo grandioso?

Ou você continua preenchendo cada instante “vazio” do seu dia com distrações e anulando o seu potencial criativo? 

Usar esse período ocioso para impulsionar a sua criatividade é o primeiro passo para Re-Iniciar.

No começo pode ser difícil: o instinto é seguir direto para as redes sociais, para a geladeira ou para qualquer outra atividade automática, sem pensar.

Mas fique firme, procure explorar novas atividades que têm o potencial de te inspirar e te preencher de energia criativa, por exemplo:

  • movimento: exercícios físicos fortes ou relaxantes, caminhar a esmo pelas ruas de seu bairro, em um parque, onde você achar pertinente. O melhor local é aquele que está disponível a você. Se está na cidade, curta a cidade. Procure valorizar o momento presente, deixe de lado as fantasias de “aaaah, imagine se eu estivesse na praia agora….”, por exemplo.
  • conectar-se com a arte: desenhar, pintar, ver uma obra de arte, visitar uma exposição, ouvir uma boa música, ler poesia.
  • silêncio: meditação, respirações calmas e profundas, fechar os olhos e deixar a mente vaguear e se “auto-limpar”.
  • escrita: escrever sobre seus sentimentos de corpo, mente e alma.
  • inspiração: ler textos que elevem sua alma, que te inspirem a ser você mesmo a partir de um local amoroso, sem cobranças internas.
  • ligar ou escrever para alguém querido e expressar gratidão.

• criando pequenos momentos de RESET

Criar pequenos momentos de RESET é muito mais fácil do que você imagina. Basta abrir o olhar e permitir que essa nova realidade cresça em você.

Hoje, eu preencho todos os meus dias com pequenos momentos de RESET:

Momentos onde simplesmente desligo o celular no meio do dia e me permito apreciar o céu.

Onde sento a esmo com minha esposa e começamos a conversar.

Onde saio andando e ligo para algum amigo ou familiar para saber da vida.

Independente da vida que você leva hoje, existe espaço para Re-Iniciar: 

6 anos antes da data que estou escrevendo, eu trabalhava em uma agência de publicidade na Av Berrini, um grande centro comercial de São Paulo.

Apesar de não possuir a liberdade que desfruto hoje, de alguma forma eu sempre consegui abrir espaço para pequenos momentos de Re-Iniciar.

Sabe quando você senta na frente do computador e tudo dói? Garganta, estômago, e dá uma vontade louca de procrastinar?

Ao invés de ficar naquele papel de “bom moço” na frente do computador e abrir vídeos na internet ou redes sociais, eu saia para andar.

Andava e andava… até sentir que era hora de parar, finalizando na padaria para tomar um suco de açaí ou um bom capuccino.

Se alguém perguntasse, eu estava em uma ligação ou uma reunião. Não deixava de ser verdade: era uma reunião ultra necessária comigo mesmo.

Os fumantes saíam para fumar, eu saia para andar.

Às vezes ia para o banheiro da empresa, colocava tapa ouvidos e cochilava sentado no vaso sanitário. Se alguém perguntasse, eu estava fazendo cocô. 

Esses momentos de RESET me faziam voltar cheio de energia.

Essa era a forma que eu me permitia Re-iniciar, mas você pode fazer da sua maneira:

  • Contemplar o céu e a natureza pela janela enquanto toma um copo de água. 
  • Fechar os olhos por alguns minutos e fazer uma oração (ou meditar, como no capítulo 2), sem nem precisar sair de sua mesa.
  • Fazer um carinho no cachorro, ou jogar a bolinha pra deixar seu amigão ainda mais feliz.
  • Perguntar pro colega do seu lado como está o dia dele e se você pode ajudá-lo(a) de alguma forma, ou pedir ajuda, se você sente que precisa.
  • Mandar uma mensagem demonstrando seu amor por alguém especial.
  • Lavar o rosto, se olhar no espelho e cultivar pensamentos positivos sobre você mesmo.

O que você fará nesse pequeno intervalo de tempo pouco importa, apenas foque em quebrar o fluxo da rotina com energias positivas ;D.

• períodos sabáticos

Tão importantes quanto os “pequenos momentos de RESET” diários para Re-Iniciar seu sistema, são os períodos sabáticos.

Antes de prosseguir, eu te peço que deixe para trás a imagem de alguém que larga tudo e sai viajando o mundo em busca de significado para a vida.

Essa é a imagem padrão que nos aparece quando pensamos em períodos sabáticos.

Você sabia que é possível tirar um período sabático mesmo enquanto está trabalhando? E que esse período pode te energizar tanto quanto uma semana de férias?

Pois é! Se eu não tivesse vivido isso por mim mesmo, e tivesse na sua posição lendo essa frase, eu acharia muito estranho também, não se preocupe.

Um período sabático é um período onde você vai se permitir viver aquele vazio que falamos anteriormente no capítulo.

Imagine por exemplo que você precisa tirar uma semana sabática, para se permitir um ciclo de Re-Iniciar maior, mas você vai continuar a trabalhar, pois não pode tirar férias nessa semana.

A única regra é: você não pode criar nenhum tipo de compromisso em sua agenda.

Se você precisa trabalhar, ok! Cumpra com o mínimo de suas obrigações, da melhor forma possível, com amor.

Mas sabe todo aquele resto de coisas que aparecem e entopem sua agenda antes mesmo da segunda feira começar?

Sua resposta padrão para toda e qualquer atividade além do mínimo necessário será NÃO. 

Esqueça tudo: encare esse NÃO como um convite à liberdade.

“Poxa…. quer dizer que eu não vou fazer nada? Vou ficar em casa criando mofo?”

Ainda bem que você perguntou….

Ao ganhar todo esse espaço na sua agenda pelo NÃO libertador, você vai começar a sentir o chamado para a verdadeira espontaneidade.

O que é espontaneidade?

Se….. é terça de manhã da sua semana sabática, e você está com vontade de fazer uma bela prática de Yoga.

São 22h, e você está cheio(a) de inspiração para começar a escrever o roteiro daquele documentário que você sempre quis fazer, manda ver!!!

É domingo de tarde, e bateu aquele tesão de trabalhar, escrever, pensar, planejar o seu novo negocio, ou quais cursos realizar para se especializar na profissão que você ama, manda ver!

A grande sacada é essa: você não precisa viajar para as Ilhas Caiman na sua semana sabática, você pode tirar um sabático no conforto da sua casa.

A única questão que você precisa ajustar na sua mente é: você só vai se comprometer a realizar qualquer coisa, qualquer atividade, no momento dela. Não vai ser no dia anterior, na semana anterior, muito menos no mês anterior.

Essa prática de “não agendar nada” libera um espaço precioso em nosso sistema de corpo, mente e alma, e permite um ciclo de Re-Iniciar profundo dentro de você.

Sem querer, você vai observar oportunidades inusitadas surgirem do nada, coisas que nunca apareceram antes. 

Um RESET de hábitos danosos, de rotinas tediosas, que abre espaço para um delicioso ócio mental que anseia para conhecer coisas novas.

Coisas essas que você só pode se permitir em um espaço sabático desses, pois de alguma forma aquele “piloto-automático” da vida cotidiana fica temporariamente pausado na mente.

Pensar no RESET, em Re-Iniciar o sistema constantemente permite a você criar uma nova consciência de atuação no mundo.

Te permite ficar mais presente para suas virtudes e valores, para o trabalho, para a missão, e para as pessoas que são essenciais a você.

Permite a você ganhar clareza de quando é hora de parar de trabalhar e cuidar de você, como se fosse a coisa mais gostosa e natural do mundo, sem o sentimento martirizante de “ter que trabalhar mais”, ter que fazer “mais isso ou aquilo”.

Da mesma forma, te faz querer trabalhar com tesão, com missão, visão e propósito, já que você está sempre descansada(o) o suficiente.

Inspire-se com esse capítulo, leia e releia, pegue papel e caneta e escreva agora, cheio de inspiração, como você pode criar pequenos momentos de RESET e amplificar aqueles que você já possui.

Se você sentir que existe muito medo “do que o seu chefe vai pensar….” “de quanto dinheiro vai gastar”, ou que “vai virar um hippie maluco”, peço que volte ao capítulo #3 e faça o exercício de clareza dos medos. Tenho certeza que fluirá melhor.

Para mim, agora é hora de sair do computador e jogar um pouco de bolinha para o Hórus e depois cozinhar o almoço junto da minha mulher.

Seguimos.

Esse capítulo é parte integrante do livro: 

Pequenos Atos Ordinários, Feitos Extraordinários: a ciência e arte de transformar a sua vida, um passo de cada vez

{ 👉 clique aqui para saber mais e acessar o curso completo }