Domestique seu Ego, antes que ele destrua você

Meses atrás, sonhei que eu era a Mulher Maravilha, e dava porrada atrás de porrada no Hulk, que era meu adversário.

Soco atrás de soco, a briga não acabava nunca.

Não importava quanta força, quantos socos eu aplicava: o Hulk era um adversário implacável.

Por meses, fiquei com esse sonho presente, tentando decifrar qual seria a simbologia por trás da batalha interminável entre o Hulk e a Mulher Maravilha.

Os dias passaram, e a intuição começou a mostrar alguns sinais do que essa batalha significa dentro de mim.

O Hulk representa o ego. Meu lado masculino.

De ação, realização, força, intenção, direção.

Ele é implacável, uma máquina destruidora: uma vez que se determina a fazer algo, vai empregar 300% de força até conseguir vencer sua missão.

A Mulher Maravilha representa a essência, meu lado feminino.

Da entrega, sentimento, intuição, beleza, leveza, malemolência, simplicidade e alegria.

É ágil, perspicaz, e tem armas diferentes do convencional para conseguir realizar suas missões (o seu laço, por exemplo).

Fim da charada? Ainda não.

Logo que descobri esse paralelo entre Hulk e Mulher Maravilha com ego e essência, continuei desnorteado.

Percebi que, enquanto esses 2 não se entendessem aqui dentro, como dois bons irmãos, o conflito continuaria.

Sem paz, sem equilíbrio.

Um dos leitores queridos do Hack Life me enviou um email, sugerindo que eu levasse o sonho até o fim, para entender como a minha própria psique lidaria com isso.

Sentei, fechei os olhos, respirei e trouxe novamente a batalha infinita entre Hulk e Mulher Maravilha.

O que aconteceu logo em seguida foi impressionante, para não falar engraçado.

A Mulher Maravilha, com toda a sua agilidade e perspicácia, saltou por trás do Hulk, sentou em cima de suas costas e passou seu incrível laço dourado por entre seus dentes.

Era como uma amazona domando um cavalo e colocando rédeas nele.

A essência domou o ego.

Na hora em que minha psique trouxe essa imagem, a ficha caiu.

Por ter vivido bons anos da minha vida só no modo Hulk, eu abafei completamente meu lado feminino.

O Hulk agia sem freio no mundo destruindo a tudo e a todos, inclusive a mim mesmo.

O ponto final foi o início de uma crise depressiva, quando o jogo virou: o lado feminino veio com tudo.

E até esse sonho acontecer, eu vivia uma briga feia com meu ego: eu tratava o Hulk na porrada.

Eu tinha medo da força dele.

Eu fazia de tudo para abafá-lo, usando a estratégia que tinha, que era dar porrada atrás de porrada no ego.

E como a porrada não é a estratégia que funciona com o Ego, meu sofrimento só amplificava.

O ego faz parte da existência humana.

Como você já deve ter percebido com a analogia do Hulk, ele é uma força executora implacável.

Seguindo a linha da última sextaFilosofal, é preciso aceitar e reconhecer essa força, e empregar a melhor estratégia para canalizá-la da melhor forma possível.

É ai que entra a Mulher Maravilha: a essência, consciência, tranquilidade, sabedoria.

O lado feminino.

Se a Mulher Maravilha não aparece para domar o Hulk com sabedoria, ele causa destruição, ações vazias no mundo.

Sem lastro na essência, na consciência.

Enquanto não soubermos acessar esse lugar, o da Mulher Maravilha, a vida vai ser só porrada atrás de porrada.

É uma experiência frustante. Incompleta.

Executando no piloto automático objetivos atrás de objetivos.

Realizando desejos atrás de desejos.

Destruindo tudo e todos ao seu redor, e em última instância destruindo a você mesmo.

Portanto, domestique seu ego, antes que ele destrua a você.

// exercício prático

Durante esse ano, em diversos atendimentos individuais de mentoria, nas imersões do Hack Weekend, e em minhas próprias práticas individuais, descobri um exercício que pode ser de grande valia para aqueles que buscam equilibrar polaridades dentro de si.

Vou descrever aqui, para que você possa fazer o melhor download dessa sextaFilosofal em seu sistema:

#1 sentado ou deitado, feche os olhos, e abra os braços para os lados.
#2 o seu lado esquerdo, representa seu lado feminino. O lado direito, o lado masculino.
#3 tente visualizar dentro de você, o que seria o equivalente ao Hulk, o lado masculino, e imagine essa imagem dentro da sua mão direita.
#4 faça o mesmo para o equivalente à Mulher Maravilha, o lado feminino, e imagine essa imagem dentro da sua mão esquerda.
#5 aos poucos, respirando o mais conscientemente possível, lentamente, vá unindo seus braços, um de encontro ao outro, até que suas mãos se toquem.
#6 veja o que acontece, qual imagem a sua mente traz a você.

Divirta-se ;D

E depois não deixe de me contar o que aconteceu, respondendo a esse email ou no instagram @hacklif3, combinado?


// frase para você filosofar

“O tempo é a grande mentira dos homens”.
#Immanuel Kant – Filósofo Prussiano (1724 – 1804)


Por hoje é só….

Até a nossa próxima viagem, aprecie a superfície com sabedoria. 👨‍🚀🌌

Nos vemos na próxima sexta.

Enquanto isso, compartilhe esse texto com aquela pessoa que vai curtir filosofar com você:

< clique aqui para enviar via zapzap />


// ouça em podcast 🎧:


// receba por email 📩 :

————
vC://sextaFilosofal.fechar()
————


// quero +

< clique aqui para acessar nosso arquivo com todos os artigos />