1 + 1 = 3

Certo dia, um grande amigo compartilhou comigo seus aprendizados após ter passado dificuldades em seus relacionamentos.

Ele me disse:

“1 + 1 = 3

Um mais um tem que dar pelo menos três.

Se um mais um está dando dois, ou pior, está dando um, meio, ou ainda menos um, isso é um sinal claro de que mudanças são necessárias.”

A vida é feita de relacionamentos. Somos macaquinhos sociais.

E se você conseguir captar a beleza e simplicidade dessa “equação dos relacionamentos” você vai perceber que ela funciona em qualquer tipo de relacionamento:

O seu relacionamento com você mesmo.

O seu relacionamento com o seu trabalho.

O seu relacionamento com sua mulher, marido, namorado, namorada…

O seu relacionamento com seus pais.

Com sua família. Com seus amigos. Com os seus vizinhos. Com o seu bairro. Com a sua cidade. Com o seu país.

Com o planeta. Com a natureza.

“Qualquer árvore que queira tocar os céus, precisa ter raízes tão profundas ao ponto de tocar os infernos” # Carl Jung

A grande essência de um relacionamento é criar base para evolução.

Quanto melhor você desenvolver o seu trabalho, quanto melhor você fortalecer o seu “1”, mais profundo será o relacionamento.

Quanto maior for o mergulho na sua própria alma, maior será o mergulho na alma do outro.

E o contrário também vale:

Quanto maior o mergulho na alma do outro, maior será o mergulho em sua própria alma.

E quanto maior o mergulho, maiores os desafios.

Os desafios são pequenos testes que permitem a você perceber quão forte está a base que você construiu.

Quanto mais profunda a relação, maior será a oportunidade de você enxergar em você mesmo o que precisa para evoluir em consciência.

Você percebe de maneira clara quais virtudes e valores estão sendo colocadas em jogo para que você transcenda a criança mimada, birrenta e tirana que existe dentro de você, e passar a viver na frequência altíssima do amor.

E talvez esse seja o nosso grande dilema, nossa grande frustração.

De perceber claramente o quanto queremos mergulhar na alma do outro,   o quanto queremos esse amor, e ao mesmo tempo perceber quão despreparados estamos para fazer esse mergulho.

Como ainda estamos presos ao padrão do medo.

Nessa hora, tentamos fugir para todos os lados, só para perceber que não existe solução senão em fugir para si mesmo.

E aqui mora outra sacada genial:

Você é 100% responsável pelos seus 50%. 

Não adianta tomar responsabilidade pelo outro.

E isso não significa ser frio, insensível, não zelar pelo outro.

Isso significa ser interdependente. Não codependente.

Se você é codependente, você não imagina a vida sem o outro.

Você vira um vampiro que suga a energia vital do outro para poder viver.

Você continua agindo como um bebê que precisa do peito da mamãe. Ou do colo do papai.

Se você é interdependente, você tem clareza de que o relacionamento é uma plataforma para evolução da consciência.

Você percebe que ao somar o seu 1 com o 1 do outro, a vida ganha uma nova camada de alegria, leveza, simplicidade, diversão e equilíbrio.

Ganha cores. Ganha amor.

Quanto mais profundo for o relacionamento, maior será a capacidade de amar.

E quanto maior for a capacidade de amar, mais profundo será o relacionamento.

É um vórtex que gira na própria abundância e se amplifica rumo ao infinito e além.

O amor faz a soma dos fatores entrar em escala exponencial.

1 + 1 será capaz de se transformar em 3, 4, 8, 16, 32, rumo ao infinito e além.

Mas não se iluda achando que essa espiral é linear.

Às vezes o 16 volta pro 0,5.

O 3 volta pro 2.

E tá tudo certo.

A jornada não é só flores hollywoodianas.

Você vai encontrar dor.

Desafios. Obstáculos. Sinais da vida mostrando a você como se aperfeiçoar em corpo, mente e alma.

A grande pergunta é: será que você está pronto(a)?

E a resposta é simples: não existe estar pronto. Basta querer.

Você quer? Você está disposto(a)?

# reflita

Agora eu convido você a filosofar e refletir sobre como estão os relacionamentos em sua vida.

Pegue a lista desse texto (relacionamento com você mesmo, com o seu trabalho, com seu companheiro(a), com seus pais, família, amigos, vizinhos, bairro, cidade, país, planeta, natureza e quantos mais aparecem a você).

Se você pudesse dar uma nota para a soma do seu“eu”, o seu “1″, com o 1 do outro. Quanto ficaria essa soma?

Pergunte a você mesmo(a):
Como eu posso ter certeza de que estou fazendo tudo o que posso no meu “1”?

Será que estou 100% responsável pelos meus 50%?

Lembre-se:
Enquanto você estiver só 99% responsável, não adianta colocar a culpa no outro. 

Perceba que a sua mente sempre vai querer culpar o “1” do outro.

Ignore esse pensamento a qualquer custo. Volte a você.

Esse tipo de pensamento só vai corroer a base.

É tipo ferrugem: se você perceber ela logo no começo o tratamento é fácil.

Quanto mais você negligencia ela, maior será o trabalho lá na frente.

E de novo a pergunta:

Será que você está pronto(a)?

A sua alma sempre vai estar, ela sempre quer evoluir. 

Você quer? Você está disposto(a)?

Você quer acessar esse poder?

Fácil falar? O importante é praticar.

Seguimos a jornada, com atitude 👊, entrega 🙏 e amor ♥.

👊🙏♥


Se você conectou com o que escrevi, e quer dar o primeiro passo para cultivar o seu “1” e ser 100% responsável pelos seus 50%, o   //  Hack Weekend é o lugar para você.

Em nossa última edição do ano, temos a missão de resetar seu estilo de vida e instalar novos bons hábitos.

Em 2 dias, eu vou compartilhar com você técnicas e ferramentas para:

transformar ansiedade, depressão e raiva em confiança, alegria e coragem.

conhecer seu sistema de corpo e mente e acessar níveis maiores de energia e disposição.

identificar e reprogramar pensamentos sabotadores em relação a dinheiro, felicidade e propósito.

desenvolver foco, disciplina e resiliência para seguir com seus objetivos e paixões.

aprender a viver e trabalhar com intenção e consciência.

aprender a criar uma conexão com a sua essência (suas melhores características) e agir a partir dela.

desenvolver uma relação saudável com a sua tecnologia e redes sociais.

viver de forma simples, fácil e fluida, equilibrada em corpo, mente e alma.

Vem comigo? Te espero nos dias 29 e 30 de setembro, em São Paulo.

< clique aqui para saber + informações />


Por hoje é só….

Até a nossa próxima viagem, aprecie a superfície com sabedoria. 👨‍🚀🌌

Nos vemos na próxima sexta.

E se você curtiu a nossa viagem hoje, compartilhe esse texto com aquela pessoa que precisa filosofar com você ;D

< clique aqui para enviar via zapzap />


// frase para você filosofar

#pt
“Um grande amor carnal e espiritual, vai fazer você ser adulto e adolescente ao mesmo tempo. Louco de paixão e apaixonado pelo compromisso.”
#Renato Stefani (desculpem, tirei licença poética)


// ouça em podcast 🎧:


// receba por email 📩 :

————
vC://sextaFilosofal.fechar()
————


// quero +

< clique aqui para acessar nosso arquivo com todos os artigos />